O assunto de hoje é dedicado a você, que gosta do mundo fashion e quer ficar por dentro das nomenclaturas usadas neste meio. Confira logo abaixo alguns termos do vocabulário da moda mundial.

 

Dicionário fashion - entenda os termos da moda:

Animal print: é uma categoria de estampas que imitam peles animais, como a onça, zebra, cobra píton, girafa, tigre e outros.

Alta Costura (Haute Cuture): para que uma vestimenta ou coleção seja considerada de alta costura deve atender a três requisitos básicos: ser feita sob medida, costurada à mão e produzida na França. Sim, não existe alta costura fora do território francês.

Color blocking: é um conceito na qual se utiliza peças de cores diferentes e contrastantes em um mesmo look. Também conhecido como color block ou bloco de cores, a escolha das cores deve obedecer ao conceito de cores complementares, cores análogas ou triádicas.

Candy Colors: é a terminologia que se dá para cores suaves que lembrar os doces. Lilás, rosa pastel e menta são alguns exemplos. Perfeitas para a primavera e verão, elas podem formar um look monocromático.

Vocabulario da Moda saiba mais sobre o dicionario fashion
Fast Fashion: empregada por grandes varejistas, a ideia do fast fashion é a criação de coleções inspiradas em grandes marcas, porém acessíveis a maioria da população, que são trocadas a cada mês ou semana. As peças deste modo de produção costumam seguir tendências, o que faz elas serem descartadas mais rapidamente.

Ready to wear: é um modelo de produção de roupas que surgiu nos EUA no contexto da Segunda Guerra Mundial. Em vez de se produzir peças sob medida, passou a ser utilizado padronagem e processos mecânicos.

Prêt-à-porter: significa o mesmo que ready to wear. Ganhou essa nomenclatura quando o modelo de produção foi levado à França. As roupas podem ser luxuosas ou acessíveis, mas sempre destinadas ao dia a dia.

Techwear: apresentando-se de modo futurista e claramente ligado ao street style, o techwear busca unir estilo, usabilidade e tecnologia. As peças são fabricadas com tecidos que são a prova d’água, respiráveis ou com outros funções, com bolsos e compartimentos extras, além de cintos e fivelas. São caras e se diferenciam das roupas esportivas por sua finalidade, uso e tecnologia empregada.

Atemporal: na moda, uma peça é considerada atemporal quando não está ligada a uma tendência atual. Ela pode ser usada após anos que ninguém vai achar estranho. É uma roupa que conseguiu superar sua época e perdurar por muito tempo. É econômica e sustentável, afinal gera menor descarte.

Dress Code: como o próprio termo sugere, é o código de vestimenta instituído por uma empresa, ou evento, no qual todos os envolvidos devem seguir. Seu principal objetivo é o grau de formalidade exigido.

Preppy: é um estilo engomadinho de se vestir usando roupas caras, muita alfaiataria e fazendo referência às escolas preparatórias americanas e inglesas. No estilo preppy pode-se encontrar suéteres, gravatas, blazers e muito mais.

Vocabulario da Moda saiba mais sobre o dicionario fashion preppy
Minimalismo: estilo discreto geralmente usando peças com cortes retos, uso de formas geométricas ou composição monocromática. Ausência de estampas.

Bondage: na moda, bondage é quando ocorre o uso exacerbado e intencional de tecidos como o couro, vinil e látex, além da presença de cintos, fivelas e correntes. O preto é a cor dominante. A grife Versace já produziu várias peças e coleções utilizando este conceito.

Meia-estação: é o tipo de roupa, ou coleção, com foco nas estações de temperatura mais amena: primavera e outono. Nas passarelas tem por hábito receber o nome de coleção resort.

Arabescos: o termo surgiu na Itália e significa “à moda árabe”. Os arabescos são desenhos geométricos e abstratos que se assemelham as plantas, mas não as representam de fato, pois na cultura islâmica é proibido a arte figurativa.

Tie Dye: é uma técnica de tingimento milenar onde se busca criar formas únicas por meio do tingimento ou descoloração do tecido.

Vintage: releitura de uma tendência antiga nos tempos modernos.

Retrô: faz referência ao passado, mas não é antigo.

Cropped: peças que têm seu comprimento encurtado são chamadas de cropped. Aqui podemos encontrar camisetas e calças cropped. A calça cropped tem as barras mais curtas. Geralmente em jeans e na modelagem skinny, ela pode ter a barra bem feita ou intencionalmente inacabada.

Vocabulario da Moda saiba mais sobre o dicionario fashion cropped
Destroyed: é uma estilização onde o tecido, geralmente jeans, passa por um processo cujo objetivo é desgastar, manchar ou, até mesmo, rasgar a peça de roupa.

Ripped: como a tradução sugere, uma peça ripped é rasgada, mas diferentemente do que ocorre com uma destroyed, ela não costuma ter buracos e sim cortes. Aquelas calças com fendas nos joelhos são chamadas de ripped.

Tuxedo: usado em eventos de gala, trata-se de um black tie com paletó de lapelas grandes e tecido acetinado (ou seda), gravata borboleta e sapato preto de verniz. A calça pode ter uma faixa lateral em cetim ou não. Também é comum o uso da faixa na região do abdômen.

Smoking: é o termo mais comum que se dá para o tuxedo, especialmente aqui no Brasil.